GlassMaxi

Facebook Twitter Youtube

Produtos

Produtos Glassmaxi

Vidro Temperado

Características do Vidro Temperado Glassmaxi

A Glassmaxi trabalha com vidros comuns e temperados, privilegiando este último. O vidro temperado é um vidro de segurança. Quando fraturado, se fragmenta em pequenos pedaços, com arestas menos cortantes que o vidro comum. Através de luz polarizada ou condições de luz natural difusa, pode ser observada uma malha no vidro causada pelas tensões internas.
Outra característica é a resistência mecânica cerca de quatro a cinco vezes superior à do vidro comum, devido a um conjunto de esforços de tração e compressão gerados em seu interior pela têmpera. Eles são amplamente utilizados em Box e instalações com ferragens.

As normas brasileiras para uso de vidro na construção civil indicam que o vidro comum só pode ser instalado a partir de 10 cm acima da cota do piso. Para envidraçamento abaixo desta cota, a indicação é o uso de vidros de segurança. Vitrines, portas ou divisórias que não possuam proteção adequada também devem utilizar vidros de segurança.

Fabricação do Vidro Temperado Glassmaxi
Durante o processo de fabricação, o vidro temperado é submetido a um tratamento térmico de têmpera (aproximadamente 700 graus), tornando-o mais resistente a choques mecânicos e térmicos, além de preservar suas características de transmissão luminosa e de composição química.

O processo de têmpera horizontal utilizado pela Glassmaxi evita marcas de pinças características da têmpera vertical em suas laterais. Além de permitir a produção de vidro temperado em grandes chapas e pequenas espessuras.

Propriedades do Vidro Temperado

Tensão de Ruptura

Vidro Comum
400 kgf/cm2

Vidro Temperado
1500 kgf/cm2

Resistência ao diferencial de temperatura
O vidro temperado é muito resistente ao choque térmico, ou seja, resiste sem quebrar a uma diferença de temperatura de até 220 graus centígrados entre dois pontos de um mesmo vidro, enquanto os demais quebram quando essa diferença de temperatura é superior a 25 graus. Porem não deve ser usado como porta contra fogo.

Flexibilidade
Outra qualidade especial do vidro temperado é sua resistência à flexão. Aliada à resistência mecânica, permite uma instalação em chapas únicas e ampla utilização como portas, sem a necessidade de estar encaixilhado.

Resistência ao Impacto

Vidro 6,00 mm
Bola de aço 900 g
Saco de areia 5000 g

Vidro Comum 0,2 m - 0,8 m

Vidro Temperado 1,1 m - 2,43 m

Resistência à Flambagem

Um vidro temperado de 6 mm de espessura de 100 x 35 cm suporta uma carga axial de 1000 kg.

Módulo de elasticidade
700.000 kgf/cm²
Peso específico
2,5 kg/m²/mm

Dados Técnicos
Dimensões máximas de fabricação - Norma ABNT
Espessura    Caixilhos (LxH)   Portas (LxH)

   6 mm           800 x 1600              -

   8 mm          1150 x 2200     1000 x 2200

  10 mm         1400 x 2600     1000 x 2200

Empenamento máximo da chapa em mm/m/L - Norma ABNT
Espessura     Autoportante    Caixilhos

 6 mm              3 mm/m          4 mm/m

 8 mm            2,5 mm/m      3,5 mm/m

 10 mm          2,5 mm/m      3,5 mm/m

Atenção: Empenamento é o máximo afastamento da chapa de vidro em relação a um plano horizontal.

Furos
O vidro temperado só pode ser furado antes da têmpera.
Tolerâncias para os diâmetros e localizações dos furos:
- Diâmetro mínimo = espessura da chapa.
- Diâmetro máximo = 1/3 da largura da chapa.
Posição dos furos :
- A distância mínima entre a borda do vidro e a borda do furo deve ser 3 vezes a espessura da chapa.
- A distância mínima entre a borda do furo e o canto é de 6 vezes a espessura da chapa.
- A distância mínima entra a borda de dois furos deve ser 3 vezes a espessura da chapa.

Quebra Espontânea do Vidro Temperado
O vidro temperado possui tensões. As tensões são maiores nas bordas dos vidros em razão do processo de têmpera, pois o aquecimento do vidro no forno tem início pelas bordas. No momento do choque térmico com ar comprimido, essa região está mais quente que o centro da peça de vidro. O vidro temperado possui resistência para flexões e impactos com ponto de choque de área grande. Porém, quando o ponto de impacto possui canto vivo, não oferece a mesma resistência ao choque.
A quebra espontânea se dá por diversos fatores como:
• Problema de acabamento na borda do vidro, canto vivo provocando acúmulo de tensão na área;
• Problema de têmpera com número de fragmentos abaixo ou acima do espicificado na norma NBR 13.866;
• Tensão excessiva de borda do vidro;
• Empenamento da peça de vidro, provocando tensão na montagem da peça de fixação;
• Contato direto metal/ vidro;
• Impactos fortes.

Forno horizontal Glassmaxi Fortaleza

Forno horizontal Glassmaxi Fortaleza


COD:

Segundo Forno horizontal Glassmaxi Fortaleza

Segundo Forno horizontal Glassmaxi Fortaleza


COD:

Forno horizontal Glassmaxi Salvador

Forno horizontal Glassmaxi Salvador


COD:

(71) 3444.3566
Indústria e Comercial
Rua da Nigéria, s/n - Pirajá - Salvador-BA
Fax Gratuito: 0800 284 1288
(85) 3248-5588
Comercial
Av. Monsenhor Tabosa, 1313 - Meireles
Fortaleza-CE
(85) 3474-0613
Indústria
Av. Jornalista Antônio Pontes Tavares, 809, Cajazeiras - Fortaleza-CE

Mauna Comunicação Interativa